Bigpon / Dekopon

Nome Científico:
Citrus unshiu x C. sinensis x C. reticulata

Família Botânica:
rutáceas

Origem:
Japão

dokopon_sombra_rec

Tangerina sem semente, exótica e suculenta, fácil de descascar, resultado do cruzamento da tangerina “Ponkan” com a laranja “Kyomi” sendo assim considerado botanicamente um tangor, desenvolvido no Japão em 1.972. Possui coloração alaranjada, casca levemente enrugada, tem uma grande protuberância na parte superior (denominada “deko”) e um tamanho grande que, na média, pesa 400 gramas, podendo seus maiores frutos atingir mais de um quilo. O sabor da fruta é ressaltado com a perda da acidez à medida que descansa em um ambiente fresco. O ponto ideal de consumo é de 10 a 20 dias pós-colheita ficando levemente murcha. É rica em fibras, vitaminas do complexo B e vitamina C, além de potássio.

Padrão Bigpon e Kinsei

Tangerina de grife, a dekopon passa por uma rigorosa seleção para atingir o “padrão Kinsei” (selo conferido pela Associação Paulista dos Produtores de Caqui APPC).

Para ser considerada Kinsei, a dekopon precisa pesar mais de 300 gramas, ser colhida a partir de 285 dias da florada e atingir um brix (teor de açúcar) mínimo de 12 graus, com acidez de 1,2% ou menos, tornando-se assim pouco ácida e levemente doce.

Disponibilidade: A colheita ocorre entre os meses de abril e agosto, tendo safras temporãs de setembro a dezembro.

Comercialização: Caixas com
4,5 kg
15 kg

Consumo: in natura.

Confira alguns dos nossos clientes atacadistas

Bella Vista (São Paulo – SP), Cantú (São Paulo – SP), Casa da Uva (Campinas – SP), Comercio de Frutas Araçatuba (São Paulo – SP), Irmãos Benassi (Campinas – SP, Curitiba – PR, Rio de Janeiro – RJ, São Paulo – SP), Mambo (São Paulo – SP), Multifrutas LTDA (Belo Horizonte – MG), Natural da Terra (São Paulo – SP), Nipo Brasileira LTDA (São Paulo – SP), Othil (São Paulo – SP), Paulisul (Florianópolis – SC).